quarta-feira, 27 de julho de 2016

Comando e dicas do Prompt de Comando


Fala galera que acompanha o blog...

Vou utilizar esse post para desbravar vários comandos e algumas dicas para se tornar um Expert no assunto.
Esse é um daqueles posts que merecem ficar salvo no "Favoritos", para consultas rápidas.

Comando e dicas do Prompt de Comando


Para abrirmos o terminal, digite CMD no menu Iniciar/Executar. Ele pode ser também encontrado no item Acessórios do *Menu iniciar. Não é difícil usar os comandos do Windows e grande número deles permanece igual aos antigos comandos do DOS.

*Iniciar/Todos Programas/Acessórios (Prompt de Comando).



Informação dos comandos e funcionalidades


Para obter mais informações sobre os comandos que podem ser utilizados digite HELP e para saber sobre um comando específico, digite HELP .

Para exibir o CMD em tela cheia, digite Alt+Enter, dependendo da versão do Windows uma mensagem de que seu sistema não da suporte para essa funcionalidade sera exibida. Clicando no ícone que se encontra no alto à esquerda, você poderá acessar as propriedades da janela e escolher layout, cores, fontes, etc. Já para localizar texto, rolar tela, selecionar texto, copiar e colar, você deverá clicar com o botão direito do mouse dentro da própria janela e escolher a opção no menu que se abre.

Alterar cor da fonte e background

A opção /t:fg permite alterar as cores do interpretador de comandos. Por exemplo, digite cmd /t:17 e a tela ficará com as letras em branco num fundo azul. O f representa a cor do texto e o g a cor do fundo.

Relação das cores que podem ser usadas:

0 – Preto

1 – Azul

2 – Verde

3 – Cian

4 – Vermelho

5 – Roxo
6 – Amarelo
7 – Branco
8 – Cinza
9 – Azul claro
A – Verde claro
B – Cian claro
C – Vermelho claro
D – Roxo claro
E – Amarelo claro
F – Branco claro


Listando arquivos e pastas

Caso queira ver a relação de arquivos e pastas existentes use o comando abaixo:

dir



Existem várias opções para sofisticar a maneira de listar os arquivos e pastas:


/A Exibe arquivos com atributos especificados.
/B Usa formatação básica (sem informações de cabeçalho ou resumo).
/C Exibe o separador de milhar em tamanhos de arquivos. É o padrão.
Use /-C para desativar a exibição do separador.
/D O mesmo que amplo, mas os arquivos são classificados na lista por coluna.
/L Usa letras minúsculas.
/N Novo formato de lista longo onde os nomes de arquivos estão à extrema direita.

Digite "dir", por exemplo.

Copiando arquivos

O comando copy permite copiar um ou mais arquivos de um lugar para outro. Por exemplo, para copiar todos os arquivos de um pendrive/CD-DVD para o drive C: digite o comando abaixo:

copy n:*.* c:



Onde n é o nome do seu driver de entrada e c o driver de destino.


Usando o comando copy para copiar apenas um arquivo. Para isto em vez de usar *.* (que indica todos os arquivos) utilize diretamente o nome do arquivo a ser copiado.

copy n:meuArquivo.doc c:Documentos



No exemplo acima o arquivo meuArquivo.doc será copiado do drive n: para a pasta Documentos no C:


Se o arquivo meuArquivo.doc estiver dentro de alguma pasta, por exemplo, docs no seu driver n, seria necessário especificar o caminho para fazer a cópia:
copy n:docs/meuArquivo.doc c:documentos

Somente não é necessário especificar o caminho quando o documento a ser copiado estiver na pasta em que o prompt se encontra naquele momento.

O comando copy também pode ser usado para fazer cópia de um mesmo arquivo com outro nome. Como abaixo:

copy financasJulho.txt financasAgosto.txt
No exemplo existia o arquivo financasJulho.txt e passou a existir também o arquivo financasAgosto.txt com o mesmo conteúdo do arquivo financasJulho.txt. O arquivo ficou duplicado, porém com nomes diferentes. O comando pode ser muito útil para substituir ou fazer modificações em um arquivo, mantendo um backup dele.

Usando caracteres coringa

Você pode fazer uso de caracteres coringa no prompt do Windows, quando se utilizar dos comandos copy, dir, del e outros. Os caracteres coringa substituem partes do nome do arquivo. Veja abaixo:



.? – substitui qualquer letra no nome do arquivo

.* – substitui o nome do arquivo ou a parte dele


Exemplos:

copy *.txt fará a cópia de todos os arquivos .txt e não apenas de um arquivo específico

copy a*.doc copiará todos os arquivos .doc que começam com a letra A.

Mover arquivo ou renomear pastas

O comando move permite tanto mover arquivos quanto renomear pastas.

Use-o como abaixo para renomear um arquivo:

move *.txt c:textos



No exemplo acima todos os arquivos de extensão .txt foram movidos para a pasta textos.

Use-o para renomear uma pasta como abaixo:
move textos documentos

No exemplo acima a pasta que se chamava textos passou a se chamar documentos. Se a pasta tiver mais de uma palavra, use-a entre aspas como abaixo:
move “meus textos” documentos


No exemplo acima a pasta meus documentos passou a se chamar documentos.

Nova pasta

Para criar uma nova pasta basta usar o comando md. Caso seja necessário criar uma pasta chamada teste. Basta digitar como abaixo:

md teste

Movimentar de uma pasta para outra

Se você estiver em c:Windows e quiser passar para a pasta c:games você usará o comando CD. As pastas (diretórios) serão separadas por uma barra invertida:

cd games



Agora para mudar de "cd games" para a pasta arquivos de programas:

cd arquivos de programas

Se você estiver em qualquer pasta e quiser passar para o diretório raíz (C:) bastará o comando abaixo:
cd c:/

Se você estiver em uma subpasta (pasta dentro de outra) e quiser voltar para uma outra que esteja logo acima, use o comando CD conforme abaixo:

cd..

Removendo pastas

Da mesma forma como você pode criar uma nova pasta com o comando md, poderá deletá-la com o comando rd.

rd teste



O comando acima deleta a pasta teste, se ela estiver vazia. Se a pasta não estiver vazia, você deverá usar o comando rd com a opção /s conforme abaixo:

rd teste /s

No comando acima o Windows vai perguntar se você tem certeza de que deseja remover aquela pasta e tudo quanto se encontra dentro dela. Caso queira que o Windows delete a pasta sem fazer nenhuma pergunta, use também a opção /q como abaixo:

rd teste /s /q

Deletando arquivos


Você pode apagar um arquivo com o comando del ou erase. É preciso dar logo em seguida o nome do arquivo. Por exemplo, para apagar o arquivo imagem.jpg você pode usar o comando abaixo:

del imagem.jpg ou erase imagem.jpg


Renomeando arquivos


Para mudar o nome de um arquivo você usa o comando ren. Por exemplo, para mudar o nome do arquivo imagem.jpg para foto.jpg use o comando abaixo:
ren imagem.jpg foto.jpg



Ajustando relógio e data


O comando time permite acertar a hora e o comando date permite corrigir a data.


Comandos:


Bootcfg
Permite ver as configurações do seu menu de boot

Defrag
Desfragmentador de disco. Oferece as seguintes opções:
-a Apenas analisar
-f Forçar a desfragmentação mesmo que haja pouco espaço livre.
-v Saída detalhada
-? Exibir tópico de ajuda.

Diskpart
Gerencia as partições de um disco.

Driverquery
Mostra a lista de drivers instalados no Windows e as respectivas propriedades.

Fsutil
O comando fsutil tem vários complementos que serão listados digitando-o sem nenhum parâmetro. Digite fsutil fsingo drives e terá a lista dos drives no seu micro.

Gepresult
Este comando mostrará configurações de usuários e de diretivas de grupos.

Recover
Permite a recuperação de arquivos em disco danificado.

Reg
Comando para exportar chaves do registro, copiar, restaurar, comparar, etc.

Schtasks
Para agendar, executar, alterar ou deletar tarefas numa máquina local ou remota com Windows.

SFC
Comando que permite verificar arquivos de sistemas alterados de forma indevida e recuperar os arquivos originais e oficiais da Microsoft., o que nem sempre será recomendável.
Por exemplo, o arquivo uxtheme.dll modificado para permitir o uso de temas voltaria a ser substituído pelo original.

Shutdown
O comando shutdown permite desligar ou reiniciar o computador de forma imediata ou agendada. Exemplo de como desligar o computador de forma agendada:
shutdown -s -t XX, onde XX é o tempo em segundos ou shutdown -h -t XX, onde XX é o tempo em minutos.

Systeminfo
Fornece informações básicas sobre o sistema.

Tasklist
Mostra a lista de processos sendo executados no Windows.

Taskkill
Permite finalizar algum processo. O comando é quase sempre usado com base nas informações fornecidas pelo tasklist.

ASSOC
Exibe ou modifica associações de extensões de arquivo.

AT
Agenda comandos e programas para serem executados em um computador.

ATTRIB
Exibe ou altera atributos de arquivos.

BOOTCFG
Mostra o boot.ini no prompt de comando

BREAK
Define ou limpa a verificação estendida CTRL+C.

CACLS
Exibe ou modifica listas de controle de acesso (ACLs) de arquivos.

CALL
Chama um programa em lotes a partir de outro.

CHCP
Exibe ou define o número da página de código ativa.

CHKDSK
Verifica um disco e exibe um relatório de status.

CHKNTFS
Exibe ou modifica a verificação do disco na inicialização.

CLS
Limpa a tela

CMD
Abre uma outra janela de prompt.

COLOR
Define as cores padrão de primeiro plano e do plano de fundo do console.

COMP
Compara o conteúdo de dois arquivos ou grupos de arquivos.

COMPACT
Exibe ou altera a compactação de arquivos.

CONVERT
Converte volumes FAT em NTFS.

COPY
Copia um ou mais arquivos para outro local.

DATE
Mostra a data atual e permite alterá-la.

DISKCOMP
Compara o conteúdo de dois disquetes.

DISKCOPY
Copia o conteúdo de um disquete para outro.

DISKPART
Faz particionamento de disco.

DOSKEY
Edita linhas de comando, volta a chamar comandos do Windows e cria macros.

ECHO
Exibe mensagens ou ativa ou desativa o eco de comandos.

ENDLOCAL
Encerra a localização de alterações de ambiente em um arquivo em lotes.

EXIT
Sai do programa CMD.EXE (interpretador de comandos).

FC
Compara dois arquivos ou grupos de arquivos e exibe as diferenças entre eles.

FIND
Procura uma seqüência de texto em um arquivo ou arquivos.

FINDSTR
Procura seqüências de texto em arquivos.

FOR
Executa um determinado comando para cada arquivo em um grupo de arquivos.

FORMAT
Formata um disco rígido ou disquete.

FTYPE
Exibe ou modifica os tipos de arquivo utilizados em associações de extensões de arquivos.

GOTO
Direciona o interpretador de comandos do Windows para uma linha identificada em um programa em lotes.

GRAFTABL
Permite que o Windows exiba um conjunto de caracteres estendidos em modo gráfico.

HELP
Fornece informações de ajuda sobre comandos do Windows.

HOSTNAME
Dá o nome do host.

IF
Realiza processamento condicional em arquivos em lotes.

IPCONFIG
Mostra detalhes das configurações de IP.

LABEL
Cria, altera ou exclui o rótulo de volume de um disco.

MODE
Configura um dispositivo do sistema.

MORE
Exibe a saída fazendo pausa a cada tela.

MOVE
Move um ou mais arquivos de uma pasta para outra pasta.

PAGEFILECONFIG
Configura memória virtual.

PATH
Exibe ou define um caminho de pesquisa para arquivos executáveis.

PAUSE
Suspende o processamento de um arquivo em lotes e exibe uma mensagem.

PING
Checa sua conexão de rede disponível.

POPD
Restaura o valor anterior da pasta atual salva por PUSHD.

PRINT
Imprime um arquivo de texto.

PROMPT
Altera o prompt de comando do Windows.

PUSHD
Salva a pasta atual e, em seguida, altera a mesma.

REM
Grava comentários (observações) em arquivos em lotes.

REPLACE
Substitui arquivos.

ROUT
Mostra detalhes do parâmetro da interface de rede.

SCHTASKS
Agenda e executa algum processo.

SET
Exibe, define ou remove variáveis de ambiente do Windows.

SETLOCAL
Inicia a localização de alterações de ambiente em um arquivo em lotes.

SHIFT
Altera a posição dos parâmetros substituíveis em um arquivo em lotes.

SORT
Classifica a entrada.

START
Inicia uma janela separada para executar um programa ou comando especificado.

SUBST
Associa um caminho a uma letra de unidade.

TITLE
Define o título da janela para uma sessão do CMD.EXE.

TREE
Exibe graficamente a estrutura de pastas de uma unidade ou caminho.

TYPE
Exibe o conteúdo de um arquivo de texto.

VER
Mostra a versão do Windows.

VERIFY
Faz com que o Windows verifique se os arquivos estão gravados corretamente em um disco.

VOL
Exibe um rótulo e número de série de volume de disco.

XCOPY
Copia diretórios com seus subdiretórios.



Comandos Windows XP:


Não sei dizer a porcentagem de pessoas que ainda utilizam o SO Windows XP, mas vale deixar aqui alguns comandos:


eventcreate

Permite ao administrador criar uma mensagem e identificação do evento personalizadas em um log de eventos especificado.



eventquery
Lista os eventos ou as propriedades de um evento de um ou mais arquivo log.

eventtriggers
Mostra e configura disparadores de evento.

getmac
Mostra o endereço MAC de um ou mais adaptador de rede.

helpctr
Inicia o Centro de Ajuda e Suporte.

ipseccmd
Configura o Internet Protocol Security (IPSec)

logman
Gerencia o serviço Logs e alertas de desempenho.

openfiles
Busca, mostra ou termina arquivos abertos compartilhados.

pagefileconfig
Mostra e configura a memória virtual.

perfmon
Abre o monitor do sistema.

prncnfg
Configure ou mostra as configurações de impressora.

prndrvr
Adiciona, deleta e lista drivers de impressoras.

prnjobs
Pausa, continua ou cancela lista de documentos a serem impressos.

prnmngr
Adiciona, deleta e lista impressoras conectadas, além da impressora default.

prnport
Cria, deleta e lista portas de impressora TCP/IP

prnqctl
Imprime uma página de teste, pausa ou reinicia um documento a ser impresso.

schtasks
Permite que um administrador crie, exclua, consulte, altere, execute e termine tarefas agendadas em um sistema local ou remoto.

systeminfo 
Busca no sistema informação sobre configurações básicas.

typeperf grava dados de desempenho na janela de comando ou em um arquivo de log. Para interromper Typeperf, pressione CTRL+C.

WinKey

Todo teclado atual traz uma tecla Windows que pode ser usada em conjunto com alguma outra tecla para servir de atalho para alguma atividade. Veja abaixo a relação de atalhos da tecla Windows e tire mais proveito dela:
Windows: Mostra o Menu Iniciar
Windows + D: Minimiza ou restaura todas as janelas

Windows + E: Abre Meu computador

Windows + F: Abre o Pesquisar para arquivos

Windows + R: Mostra a janela Executar

Windows + L: Tranca a tela
Windows + U: Abre o Gerenciador de Utilitários
Windows + CTRL + F: Mostra o Pesquisar para computador (em rede)
Windows + Shift + M: Desfaz minimizar (para todas as janelas)
Windows + F1: Para Ajuda e Suporte
Windows + BREAK: Mostra as Propriedades de Sistema


Comandos (Serviços Windows)


Esses comandos podem ser digitados no menu Iniciar / Executar:

compmgmt.msc – gerenciar o computador
devmgmt.msc – gerenciamento de dispositivos
diskmgmt.msc – gerenciamento de discos
dfrg.msc – desfragmentador
eventvwr.msc – visualizar eventos
fsmgmt.msc – pastas compartilhadas
gpedit.msc - diretivas de grupo
lusrmgr.msc – usuários e grupos locais
perfmon.msc – monitor de performance
rsop.msc – conjunto de diretivas resultante
secpol.msc – configurações de segurança
services.msc – serviços gerais
control userpasswords2 – contas de usuário
regedit – registro do windows

Comandos (MS-DOS)



title nome – define um nome no título da página.

echo – Exibe uma string na tela.
Ex.: echo teste (escreve teste na tela)

echo. – cria uma linha em branco.

@echo off – Desativa a exibição dos comandos na tela. Deve ser adicionado à primeira linha de um arquivo de lote MS-DOS (*.BAT).

cls – Limpa a tela.

set string = valor; – define uma variável.
Ex.: set a = 10; (define variável a com valor igual a 10)

%string% – chama variável.
Ex.: set a = teste;

echo %a% (primeiro define a com valor igual a teste, segunda linha escreve na tela o conteúda da variável a, no caso a palavra teste)

pause – pausa as execuções, para prosseguir é necessário pressionar alguma tecla.

md nome – cria um diretório chamado nome.

rd nome – remove o diretório vazio nome.

cd nome – direciona prompt para o diretório nome.

copy diretórioorigem diretóriodestino – copia um arquivo ou pasta de um diretório origem para um diretório destino.
Ex.: copy C:windowsrundll32.exe C:Pasta

del nome – deleta arquivo nome.

deltree diretório – deleta diretório não-vazio e todo seu conteúdo. Este comando pede confirmação (Y/N), para confirmar direto, usa-se deltree/y.

renam nomeantigo.extensão nomenovo.extensão – renomeia arquivos ou pastas.
Ex.: renam C:windowsmistic.exe C:windowsbarret.exe

dir – define conteúdo do diretório.

:nome – cria um parágrafo de orientação chamado nome.

goto nome – direciona a “leitura” para o parágrafo nome.

call arquivo – chama um arquivo de lote do MS-DOS.

start arquivo – inicia uma aplicação do Windows.

date – exibe/altera data.

time – exibe/altera hora.

exit – fecha o prompt do MS-DOS.
Observações

Para saber informações sobre determinado comando, sua sintaxe, etc, basta digitar comando/?. Ira aparecer na tela uma “ajuda” sobre o comando.

É super importante você saber no que está mexendo, algumas alterações podem 

Combinar comandos

É possível combinar 1 ou mais comandos através do pipe. Pode ser utilizado da seguinte forma:
Para “mesclar” comandos, por exemplo, o DIR com o MORE, use o pipe (“|”).
dir /s | more


A impressão é de que você deu um dir /s /p (vai pausar de tela em tela), mas o “/p” está sendo feito pelo more.

Direcionadores de saida/entrada



Existem ainda os “direcionadores de saída/entrada”. Para gerar um arquivo contendo a listagem do dir, digite:

dir > arquivo.txt

O arquivo.txt vai receber o resultado do dir e salva-lo no mesmo diretório.

Caso queira mandar esse resultado direto para a impressora, use o comando:

dir > prn

ou, se estiver na lpt1, por exemplo:

dir > lpt1

Ordenar os dados do arquivo

Para ordenar os dados de um arquivo, usando de exemplo o arquivo.txt que contem os seguintes registros:

d

c

a
b
h
g

digite o comando:

type arquivo.txt | sort > arquivoOrdenado.txt

utilizando o comando type no arquivoOrdenado.txt, o resultado será da seguinte forma:

a

b

c
d
g

h

É isso ai pessoal, espero que tenham gostado e que seja muito útil pra vocês. Mesmo com o uso de interface, muitas vezes se faz necessário executar um comando ou outro via prompt de comando.
Caso tenha alguma ideia para adicionar nesse post deixa ai nos comentários ou nos mande um email, obrigado.

E caso tenha chegado até aqui, vou ensinar de bônus como assistir uma animação do filme Star Wars Episódio IV feita apenas em caracteres (!?). Execute os seguintes passos, de acordo com o S.O. utilizado:

> Ubuntu (Linux)


Abra seu terminal Linux, independente da distribuição Linux que você esteja usando, e digite o comando abaixo:

telnet towel.blinkenlights.nl
Dê ENTER e se divirta.

> Windows 7, 8 e 10

Abra o Executar (Win+R)
Em seguida abra o Prompt de Comando digitando na caixa de diálogo: cmd
Ao abrir o Prompt de Comando digite: C:\Windows\System32\OptionalFeatures.exe
Selecione a caixa “Telnet Client” e clique em OK.

Abra o Prompt de Comando novamente e digite: telnet towel.blinkenlights.nl

> Windows XP

Abra o prompt de comando (Win+R)
Digite: telnet towel.blinkenlights.nl

Caso tenha algum problema para iniciar o Telnet via comando, pode faze-lo "na mão", seguindo os seguinte passos:
  • Clique em Iniciar;
  • Clique em Painel de Controle;
  • Clique em Programas;
  • Clique em Programas e Recursos;
  • Do lado esquerdo, vocês vão ver uma opção/link "Ativar ou desativar recursos do Windows"/
  • Procure por TELNET e habiliete o checkbox.
Se você usa um firewall talvez seja preciso aceitar conexões da internet.
O episódio foi escrito em ASCII e é bem interessante, além de extremamente criativo.

Até a próxima!
Luiz Fagner Zordan Analista de Sistemas

Graduado em Sistemas de Informação, atualmente trabalhando na Embraer pela FocusNetworks como FullStack. Sou apaixonado por tecnologia, fascinado por jogos e adoro passar o tempo assistindo séries.